O que é filosofia?

O que é filosofia? Essa pergunta inicial é extremamente importante para entrarmos no campo do conhecimento filosófico. Afinal, por que precisamos estudar filosofia? Para responder a essa questão, podemos começar pela etimologia da palavra filosofia, que é uma junção de duas palavras gregas, a saber, Philia, que significa amor ou amizade em grego, e Sophia, que significa sabedoria em grego. Filosofia é então "amizade pela sabedoria" ou "amante da sabedoria". Portanto, o filósofo é aquele que vai buscar uma maior aproximação e relacionamento com o conhecimento, com a sabedoria. Filosofar é buscar constantemente pelo conhecimento, pela sabedoria.

São várias as formas de conhecimento, pois várias são as formas de saber. Uma das primeiras áreas da filosofia é a Teoria do Conhecimento, chamado também de Epistemologia. Na teoria do conhecimento, nos perguntamos: o que é o conhecimento? Como nós podemos ter a capacidade de conhecer algo? Se podemos conhecer as coisas, como podemos determinar se esse conhecimento é verdadeiro? O que é a verdade? Como podemos distinguir o verdadeiro do falso?

Além dessas questões, a filosofia também reflete sobre: o que é o bem e o mal? O que é o justo e o injusto? O que é ética? Qual é a natureza da arte filosófica? O que é filosofar? Por que é importante filosofar sobre as coisas? Será que a filosofia possui alguma utilidade?

Devemos lembrar também que a filosofia não tem a pretensão de ser a "portadora da sabedoria", ou a "dona da sabedoria", mas sim ter uma pretensão de amizade com a sabedoria, em um tom de respeito por ela. Podemos perceber bem essa ideia a partir do pensamento do filósofo Sócrates, que diz a célebre frase "Só sei que nada sei", ou seja, a única coisa que sabemos é que nada sabemos e, por isso, precisamos buscar conhecer as coisas, partindo da ideia de que não sabemos nada. Desse modo, estamos em um processo constante e mútuo de conhecimento, através da filosofia.

A filosofia possibilita um olhar diferente sobre o mundo à nossa volta, pois muitas vezes nós nos sentimos acostumados com o nosso cotidiano, sem refletir acerca do que nos cerca, pois nada mais nos surpreende. É a partir daí que vemos a importância da filosofia, pois é ela quem vai nos possibilitar pensar novamente o cotidiano, a partir da ideia de que, em certas coisas que até então você acreditava que sabia, você vai começar a pensar mais acerca daquilo, como, por exemplo, a todo momento nós nos utilizamos das horas e das datas, mas, se eu perguntar para você "o que é o tempo?", será que você conseguiria responder claramente sobre o que é o tempo? Assim, a filosofia nos possibilita pensar certas coisas que nós não pensávamos antes, pois ela busca uma outra dimensão da realidade, algo que vá além do banal e do corriqueiro, possibilitando então ao indivíduo repensar suas ações e a sociedade em que vive, ao refletir melhor sobre tudo aquilo que nos cerca.

Autor: João Paulo Rodrigues